quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Procurador da Lava Jato questiona ‘saidinhas’ após preso ser flagrado com 61 objetos no estômago


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
Um preso retornou à cadeia, após a saidinha de Natal, com 61 objetos dentro do estômago, entre eles 9 celulares. O preso teve que sofrer uma cirurgia para a retirada dos objetos. 



Ouça: 



O procurador Roberson Pozzobon, da força-tarefa da Lava Jato, questionou: 

Nessa prisão havia detector de metais. E nas diversas outras em que não há?
E se o detento tivesse menos “gula” e não trouxesse tantos celulares: o detector acusaria?
Prisões equipadas são fundamentais, mas também precisamos refletir sobre a EXTENSÃO das saídas temporárias.

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...