segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Após episódio de febre, Bolsonaro recebe antibióticos e alta hospitalar é adiada


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O presidente Jair Bolsonaro teve um pouco de febre e foi submetido a exames laboratoriais e de imagem, que levaram à identificação de um acúmulo de líquidos na região da cirurgia. Foi realizada uma punção e a administração de antibióticos. Segundo o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, após o episódio, a previsão de alta deixou de ser para esta quinta-feira e foi adiada, possivelmente para o início da próxima semana. 

Ouça: 


O Hospital Albert Einstein divulgou um novo boletim médico com as informações. Leia: 

​O excelentíssimo Presidente da República, Jair Bolsonaro, está internado em Unidade de Cuidados semi-intensivos do Hospital Israelita Albert Einstein. Apresentou, ontem à noite, elevação da temperatura (37,3 °C) e alteração de alguns exames laboratoriais. Foi iniciada antibioticoterapia de amplo espectro e realizados novos exames de imagem. Identificou-se uma coleção líquida ao lado do intestino na região da antiga colostomia. 
Foi submetido à punção guiada por ultrassonografia e permanece com dreno no local. Está no momento sem dor, afebril, em jejum oral, com sonda nasogástrica e nutrição parenteral exclusiva. Já apresenta movimentos intestinais e teve dois episódios de ​evacuação. Segue realizando exercícios respiratórios e de fortalecimento muscular no quarto.
Por ordem médica, as visitas permanecem restritas.
Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...