sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Bolsonaro envia chanceler à fronteira para apoiar entrega de ajuda humanitária aos venezuelanos


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, viaja hoje (22) para Cúcuta, na Colômbia, fronteira com a Venezuela, para participar da cerimônia que formaliza o início da ajuda humanitária para os venezuelanos. A solenidade é organizada pelo presidente da Colômbia, Iván Duque, que coordenará na segunda-feira (25) reunião do Grupo de Lima.


Ouça: 


“Seguindo determinação do presidente Bolsonaro, viajarei amanhã a Cúcuta, Colômbia, fronteira com a Venezuela, para participar de evento em torno da ajuda humanitária ao povo venezuelano, organizado pelo Presidente Iván Duque, com a presença de autoridades de outros países da região”, afirmou Araújo na sua conta pessoal no Twitter.

Leia também: 
PF faz buscas em endereços ligados ao senador Ciro Nogueira
Maduro diz que vai fechar completamente a fronteira com o Brasil
PF vai analisar imagens da eleição para presidência do Senado para apurar fraude


O chanceler afirmou que amanhã (23) estará em Roraima. A capital, Boa Vista, e Pacaraima terão centros de distribuição dos donativos para os venezuelanos. “Estarei em Roraima para acompanhar a ajuda humanitária colocada à disposição do povo venezuelano pelo Brasil em cooperação com os Estados Unidos”, disse.

Na segunda-feira, o chanceler e o vice-presidente Hamilton Mourão participarão de reunião do Grupo de Lima, com a presença do vice-presidente norte-americano, Mike Pence e do secretário-geral da Organização dos Estados Americanos, Luis Almagro. Segundo Araújo, a reunião discutirá a evolução do processo de transição democrática na Venezuela. 

Veja também: 









Agência Brasil 
Editado por Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...