sábado, 16 de março de 2019

‘O STF e seus ministros não estão imunes a críticas da sociedade’, diz procurador Júlio Marcelo de Oliveira


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O procurador de contas Júlio Marcelo de Oliveira manifestou-se sobre o anúncio da abertura de um inquérito pelo Supremo Tribunal Federal para investigar fatos indeterminados que estariam atingindo a imagem dos ministros. Júlio Marcelo compartilhou uma matéria que afirma que o inquérito estaria dirigido aos procuradores Deltan Dallagnol e Diogo Castor de Mattos, internautas que criticaram ministros, e auditores da Receita Federal que investigaram o ministro Gilmar Mendes, sua esposa e a companheira do ministro Dias Toffoli. O procurador Júlio Marcelo afirmou: “O STF e seus ministros não estão imunes a críticas da sociedade, nem possuem privilégios tributários de não serem fiscalizados pelo Fisco. Devem ser os primeiros a dar exemplo! Numa república, não há lugar para intimidação em razão do legítimo exercício do direito de expressão ou do exercício regular de atribuições funcionais pelos auditores da receita”.


Ouça: 


Leia também: 
Bolsonaro anuncia MP para desburocratizar a criação de empresas
Conselho de Procuradores-Gerais manifesta ‘assombro’ com fala de Gilmar Mendes
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...