segunda-feira, 15 de abril de 2019

‘O silêncio dos demais ministros do STF é tão grave quanto o ato tresloucado de Toffoli e Alexandre de Moraes’, diz procurador


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
A decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, de censurar a revista Crusoé e o site O Antagonista por uma matéria que relatava que o codinome do ministro Dias Toffoli era “amigo do amigo de meu pai” em emails de Marcelo Odebrecht, está causando revolta na sociedade. O procurador Diogo Ringenberg coletou diversas manifestações de choque e indignação com a decisão do ministro, e apontou a ausência de manifestações dos demais ministros da Corte. Ringenberg disse: “O silêncio dos demais ministros do STF, até mesmo daqueles que aparentemente ainda honram a toga, é tão grave quanto o ato tresloucado de Toffoli e Alexandre de Moraes. Sinaliza a desesperança de que aquela Corte reencontre um rumo virtuoso”.

Ouça: 


O procurador também apontou a necessidade de atuação do Senado, que é a casa legislativa responsável por julgar o impeachment de ministros do Supremo. Ringenberg disse: “Toffoli ataca a ordem democrática. A preservação da harmonia entre as instituições requer a intervenção do Senado no sentido da contenção dos excessos praticados por ministros do STF. Do contrário aquela casa legislativa se tornará cúmplice do caos que se instalará no país”. O procurador também apontou que o Senado se desmoraliza ao não cumprir suas funções, dizendo: “O STF quebrou a ordem democrática. Se isto não for motivo para o Senado cumprir suas atribuições, não fará qualquer sentido a existência daquela casa legislativa”.

Leia também: 

Veja também: 







Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...