sexta-feira, 5 de abril de 2019

Paulo Guedes denuncia perversidade de governos petistas que 'ajudaram' bilionários com dinheiro do povo



Paulo Guedes, ministro da Economia de Bolsonaro, expôs o "sistema perverso" de transferência de capital dos brasileiros para ricos e até bilionários. "Este País tem exagerado até na outra direção, a de gastar de uma forma como se não houvesse futuro, até com gente muito rica. Os aparelhos de Estado viraram máquinas de transferência perversas de dinheiro. O BNDES financia o megaempresário, a Caixa Econômica financia, dá sempre um jeito de financiar um pouco para cima, e não é só o Minha Casa, Minha Vida. Todo mundo dá um jeito. As desonerações são sempre para quem tem mais cacife político, os grande devedores contumazes são sempre os que têm mais força também", afirmou ele.

   
"Então, o Brasil jamais faltará com solidariedade. Ele é solidário com os bilionários, ele é solidário com os poderosos, quanto mais com os frágeis ele será sempre. Então, eu só peço para vocês terem uma reflexão sobre o seguinte: está vindo um programa que, na verdade, diz que se houver muita dificuldade de cortar entre contemporâneos... O que nós estamos dizendo é o seguinte: olha, nós não nos sacrificamos pelas gerações futuras; nós preferimos comprometê-las. Nós fizemos os cálculos aqui. Cada jovem brasileiro entre 0 e 14 anos já nasce devendo 380 mil para sustentar as nossas gerações. Nós somos solidários. A conversa de solidariedade é uma conversa bonita. Mas você está jogando o peso nos filhos também dos pobres, das gerações futuras", asseverou o ministro. Assista ao vídeo.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...