quinta-feira, 18 de abril de 2019

Senadora e deputada do partido de Bolsonaro se unem para derrubar censura do STF - Lava Toga



A senadora Soraya Thronicke e a deputada federal Caroline de Toni, ambas do PSL - partido do presidente Jair Bolsonaro -, reagiram a recentes atos do STF que foram qualificados como abusivos, arbitrários e de censura. As duas cobraram providências contra ministros da Suprema Corte.

"Repudiamos as ações perpetradas por ministros do STF. Instauraram um inquérito sem previsão constitucional", declarou Caroline. Bibo Nunes, que também integra o partido, ingressou com um requerimento e também reagiu de forma veemente em pronunciamento. 

"Quando a política e a falta de respeito à imprensa entram nos tribunais, a Justiça foge pela janela", asseverou Bibo. "Sabe o que é justiça 'fake'? Para mim, é quando um juiz com 30 anos se aposenta cometendo um crime. Porque a punição para o juiz é a aposentadoria. Qualquer cidadão de bem, trabalhador, vai para a rua sem direito algum. E com o juiz, como aconteceu há poucos dias (...), a punição está na sua aposentadoria", apontou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...