sexta-feira, 17 de maio de 2019

Além de Dirceu, Bumlai, o ‘amigo de Lula’, também deve ser preso


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O ex-ministro de Lula, José Dirceu, deve se entregar hoje até as 16:00, para cumprir sua pena. Dirceu estava solto devido a um habeas corpus concedido de ofício pelo ministro Dias Toffoli, do STF.  O juiz da 13º Vara Federal de Curitiba, Luiz Antônio Bonat, emitiu o mandado de prisão após a decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), que, por unanimidade, rejeitou um recurso do petista que pedia a prescrição da pena. 


Ouça: 


Ainda ontem, o TRF4 julgou recursos de Fernando Baiano, João Vaccari Neto e José Carlos Bumlai, o pecuarista conhecido como “amigo do Lula”. O processo contra Fernando Baiano foi mantido suspenso devido a seu acordo de delação premiada, e a  4ª Seção manteve as condenações de Vaccari e Bumlai, determinando a execução provisória da pena.

Leia também: 
O ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, já está preso em razão de outras condenações. Bumlai estava em liberdade e deverá ser preso. 

Essa ação (5061578-51.2015.4.04.7000) refere-se ao empréstimo de R$ 12 milhões concedido pelo Banco Schahin em 2004 ao pecuarista Bumlai para repasse ao Partido dos Trabalhadores (PT) em troca de contrato com a Petrobras. Com o pagamento da vantagem indevida, a empresa Schahin Engenharia passou a operar, a partir de 2009, o navio-sonda Vitória 10.000. O contrato valia por 10 anos, prorrogáveis por mais 10, num valor global de 1,5 milhões de dólares.

Vaccari foi condenado por corrupção passiva a 6 anos e 8 meses de reclusão, e Bumlai foi condenado a 9 anos e 10 meses de reclusão por gestão fraudulenta de instituição financeira e corrupção.


Veja também: 











Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...