quarta-feira, 1 de maio de 2019

Senador Kajuru confidencia que recebeu dados absurdos diretamente de um ministro do STF



 O senador Jorge Kajuru afirmou, em pronunciamento no Senado Federal, que recebeu dados estarrecedores diretamente das mãos de um ministro do Supremo Tribunal Federal.

"O Senador Reguffe, Senadora Simone, é de Brasília e não é preguiçoso. Portanto, ele vai deixar o Kajuru falar algo só um minutinho aqui como empregado público. Eu comentei com a Senadora Simone e comentei aqui com o Presidente Izalci: esta Casa pode até não aprovar a CPI da Toga, é uma outra questão. Agora, estamos diante de um absurdo. Comentei com o Senador Reguffe e ele falou: 'Kajuru, vai ser o meu pronunciamento'. Mas eu não sei se V. Sa. tem todos os dados que eu recebi ontem de um próprio ministro do Supremo Tribunal Federal – é evidente que não vou revelar o nome dele. Ele fez questão de entregar a mim, porque dei uma entrevista à revista IstoÉ, no domingo, sobre os gastos com alimentação do Supremo Tribunal Federal. Gente, é um tapa na cara da sociedade brasileira", afirmou Kajuru.

"O que eles vão gastar, a partir de agora – a licitação foi feita na última quarta-feira – , com café da manhã, com almoço, com jantar, com direito a lagosta, a camarão, a uísque de 25 anos, a vinho de R$12 mil? Mais de R$1 milhão, o gasto com alimentação de 11 ministros. Isso não tem cabimento. Isso é um desrespeito total", complementou o parlamentar.

No ensejo, ele fez uma apelo para que essa licitação seja impedida: "Sei que o Senador Reguffe vai fazer uso da tribuna para pedir o apoio desta Casa. Que a gente impeça essa licitação. Isso aí é realmente uma agressão ao momento em que o País vive, em que famílias não têm nem, às vezes, o que comer à noite, e os ministros do Supremo Tribunal Federal, no café da manhã, têm direito a coisas que eu nunca vi. Eu tenho todos os dados – tudo que eles têm direito a comer no almoço, no jantar e no café da manhã. Eu tenho 58 anos de idade, já ganhei salário de R$350 mil por mês em redes nacionais de televisão e nunca vi, na minha vida, no meu café da manhã, no meu almoço, tanta regalia, tanta mordomia e tanta coisa de que eu nem sabia o nome, para falar a verdade. Obrigado, Presidente. Desculpe-me, Senador Reguffe, por esse desabafo, que eu sei que vai ser também o mesmo que o seu, como sempre acontece aqui. Obrigado", concluiu Kajuru.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...