quarta-feira, 1 de maio de 2019

Senador Reguffe perde a paciência com novo descalabro do STF: 'Isso não é coisa de país sério!'



O senador José Reguffe desabafou e fez críticas veementes ao comentar recentes descalabros do STF - Supremo Tribunal Federal. O parlamentar voltou a demandar, com ênfase, a instalação da CPI da Lava Toga e a análise do impeachment de ministros da Supremo Corte. No ensejo, ele criticou, ademais, o próprio Congresso Nacional devido ao recesso ocorrido nesta semana.

"Então, assinei os dois requerimentos para instalação da CPI da Lava Toga, CPI dos Tribunais Superiores, e assinarei quantos mais forem necessários, assim como já defendi, já cobrei, diversas vezes, dessa tribuna aí, que o Presidente da Casa desengavete e coloque em análise os pedidos de impedimento dos Ministros do STF que aqui se encontram. Analisar não é prejulgar, é analisar. Eu acho que é um dever que esta Casa tem perante a sociedade brasileira", sublinhou.

"Agora, eu falei mais cedo aí, na tribuna – V. Exa. ainda não estava presente ainda –, do absurdo que é agora o Supremo Tribunal Federal fazer essa licitação e gastar R$1,134 milhão para a compra de lagosta, de camarão e de vinhos importados. E o Supremo Tribunal Federal precisa de lagosta? Precisa de camarão? Então, isso não é coisa de país sério", protestou o parlamentar.

Ele criticou de maneira vigorosa o cancelamento de sessões deliberativas ocorrido nesta semana: "Agora, não basta criticar o outro Poder, porque a gente tem que olhar também para o nosso umbigo aqui. É inadmissível e é um absurdo que, havendo um feriado em apenas um dia da semana, se cancelem as sessões deliberativas de toda a semana. Isso é inaceitável! Isso não é coisa de país sério. Isso é um desrespeito à sociedade brasileira, que é quem paga o funcionamento disto aqui. Deveriam ser mantidas as sessões deliberativas. Já há sessão deliberativa em apenas três dias da semana. As sessões deliberativas deveriam ser mantidas e serem votados os projetos. Então, nós temos que também olhar para o nosso umbigo. Não tem cabimento o Congresso Nacional, que representa a sociedade brasileira, que legisla para a sociedade brasileira, ter um recesso parlamentar de 55 dias, enquanto o trabalhador tem 30 dias de férias. O Poder Judiciário também está errado. O Poder Judiciário tem 60 dias de recesso. Também está errado!".
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...