segunda-feira, 27 de maio de 2019

URGENTE: Juiz decide que homem que tentou matar Bolsonaro é inimputável


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
Adélio Bispo de Oliveira, o homem que tentou matar o presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral, foi considerado inimputável pelo juiz federal Bruno Savino, da 3ª vara da Justiça Federal em Juiz de Fora. O juiz decidiu pela inimputabilidade de Adélio com base no diagnóstico de “Transtorno Delirante Persistente”. 



Ouça: 


Foram produzidos quatro laudos sobre a saúde mental de Adélio Bispo de Oliveira, que divergiam sobre a caracterização da doença e sobre se ele deveria ser considerado inimputável ou semi-imputável. 

Leia também: 

Adélio deve permanecer preso no Presídio Federal de Campo Grande até a conclusão do processo por “atentado pessoal por inconformismo político”. Ele foi enquadrado na Lei de Segurança Nacional. 

Logo após a tentativa de assassinato, quatro advogados se apresentaram para defender Adélio Bispo de Oliveira, mas não revelaram quem os pagou. 

Veja também: 








Gazeta Social
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...