quinta-feira, 20 de junho de 2019

Frente a frente com petistas, Sergio Moro denuncia a 'farra das refinarias' na Petrobras - Gov. Bolsonaro



Durante audiência na CCJ do Senado, Sergio Moro, ministro da Justiça do Governo Bolsonaro, escancarou a "farra das refinarias" ocorrida em virtude do mecanismo de corrupção que dominou a Petrobras durante a era petista.

"Se nós formos examinar o que aconteceu com a Petrobras, no período da grande corrupção, nós vamos identificar exemplos claros. A construção da Refinaria Abreu e Lima, no Nordeste, ninguém é contra a construção de refinarias, muito menos construção de refinarias no Nordeste, isso é importante, impulsiona a economia, mas o que nós temos é que os custos dessa construção ultrapassaram e muito qualquer orçamento inicial daquela obra. Salvo engano, dados oficiais, pelo que eu me recordo, eram em torno, inicialmente, de US$3,5 bilhões para a construção da refinaria. Em 2014, a refinaria já havia custado cerca de US$18 bilhões", relatou Sergio Moro.

No ensejo, o ministro salientou os danos causados por esse sistema de apropriação dos recursos públicos: "Ou seja, quantas refinarias se poderia construir se não houvesse essa corrupção disseminada? Tudo aquilo foi vantagem indevida? Propina? Não, é muito dinheiro, embora V. Exa. esteja com a razão ao lembrar que os valores pagos de propina eram muito elevados, como o do gerente que devolveu US$100 milhões, mas parte daquilo é propina e parte são decisões economicamente ineficientes, porque se constrói catedrais no deserto, que muitas vezes não servem para nada se não gerar recursos para pagamento de vantagem indevida".
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...