terça-feira, 23 de julho de 2019

‘Aqui não é terra sem lei’, diz Moro após cancelar status de refugiados de criminosos paraguaios


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O presidente do Paraguai, Mario Abdo, comemorou a decisão do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, que cancelou o status de refugiados de dois criminosos paraguaios. Pelas redes sociais, Abdo disse: “o Ministro da Justiça do Brasil cancelou definitivamente o status de refugiados de Arrom e Martí. Já é tempo de que venham prestar contas de seus atos perante a justiça paraguaia. Que a verdade sempre venha à luz!”.  Moro respondeu: “O Brasil não será mais refúgio para estrangeiros acusados ou condenados por crimes comuns (no caso, extorsão mediante sequestro), seja de Battisti, Arrom, Martí ou de outros. A nova postura é de cooperação internacional e respeito a tratados. Aqui não é terra sem lei’’.


Ouça: 


O presidente Jair Bolsonaro também reforçou a nova postura do Brasil. Bolsonaro disse: “O Ministro Sérgio Moro retirou o status de refugiado, concedido pelo governo Lula (2003), para três terroristas do Exército do Povo Paraguaio (EPP). Voltarão para seu país onde pagarão pelos seus crimes, a exemplo de Cesare Battisti que já está preso na Itália. O Brasil não mais será refúgio de canalhas travestidos de presos políticos”.

Leia também: 

Veja também: 








Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...