quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Príncipe Luiz Philippe confronta a TV Globo sobre Amazônia e alerta para subversão orquestrada por mídia, partidos e estrangeiros



Em pronunciamento na Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados, o deputado federal Luiz Philippe de Orleans e Bragança, membro da Família Real Brasileira e integrante do PSL - partido do presidente Jair Bolsonaro -, confrontou a Rede Globo pelo que considera "atos subversivos" contra o Brasil no que concerne à Amazônia.

"Fica aqui a minha indagação. Tem outro país cuja soberania é questionada. Países não reconhecem a soberania de Israel. Lentamente, estamos entrando na mesma situação. (...) Temos aí uma subversão que vem de fora, não tenha dúvida - interesses monetários, econômicos sobre aquilo que é minerável. Mas também muita subversão de partidos, mídia, indivíduos, pessoas que se dizem brasileiras, se dizem cidadãos, com passaporte, CPF, mas consideram que parte de nosso território não deve ser nossa", advertiu.

"Agora, por incrível que pareça, aquilo que era teoria da conspiração não é teoria da conspiração. Agora, outro chefe de Estado coloca de maneira aberta e confrontacional. O Brasil, sem o Estado Brasileiro, sem o território brasileiro, não existe", complementou.

"Há elementos subversivos que deveriam ser convocados. Há uma grande emissora de televisão, TV a cabo, rádio, mídia impressa, que se chama TV Globo. É uma concessão de Estado, recebe receitas de Estado e é financiada pelo Estado. Deveria ser tratada como agência de Estado. É uma agência de Estado que é subversiva ao Estado Brasileiro!", asseverou o parlamentar.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...