domingo, 8 de setembro de 2019

Deputada do PSOL tenta humilhar ministro de Bolsonaro e acaba desmoralizada - Abraham Weintraub



Abraham Weintraub, ministro da Educação do Governo Bolsonaro, respondeu de maneira veemente após invectivas baixas de deputada Talíria Petrone, do PSOL.

"Não sei de onde ela tirou que vai ter corte de mais de 80 mil estudantes. Diz que não conheço História. Bom, podemos fazer um exame. Acho que a minha nota vai ser boa. Eu entrei na USP. (...) Sobre cotas, nunca falei isso. (...) Quanto ao povo negro, gostaria de deixar registrado que meu avô era mais escuro que ela", asseverou o ministro.

"Quando ela se atribui como a grande defensora do povo negro, não sei quem lhe deu esse cargo. Não existe povo negro, existe brasileiro de pele escura. Não tem que dividir o povo brasileiro. O negro que está ao meu lado é meu irmão. Meu avô era de pele escura. Quem deu a ela o direito de falar que é representante de todos os negros no Brasil?", rebateu.

"Ao longo dos anos do PT, com a escolha dos campeões, o que a gente viu foi o PT ninar um monte de empresários com dinheiro do BNDES, incentivos milionários. (...) Esse pessoal que quebrou o Brasil com BNDES, benesses e teta do governo, desculpe. Ficaram ricos desse jeito nos governos ditos de esquerda", salientou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...