terça-feira, 15 de outubro de 2019

Jornalista chama Bolsonaro de incoerente sobre PSL e operação da PF; porta-voz, General Rêgo Barros, rebate



Em coletiva de imprensa, o porta-voz do presidente Jair Bolsonaro, General Otávio Rêgo Barros, rebateu jornalistas quanto à Operação da Polícia Federal que atingiu Luciano Bivar, presidente do PSL.

O general enfatizou que o presidente Jair Bolsonaro é um "homem de diálogo" e ressaltou que o chefe de Estado não tinha conhecimento da iminência da operação da Polícia Federal.

"Não há a possibilidade de fazermos benchmarking de fatos que não podem ser mensurados no momento. Uma operação foi desencadeada hoje e os detalhes dessa operação o presidente desconhece. Mesmo que conhecesse, a direção do PSL é de responsabilidade da direção do PSL. A condução do governo é, esta sim, de responsabilidade do presidente Bolsonaro", defendeu o oficial.

No ensejo, o porta-voz salientou a perspectiva de Bolsonaro quanto à política partidária: "Ele me determinou conversar com vocês exatamente isso: desconhecendo detalhes, não comentará a operação. Não tem posição no momento, estuda todas as possibilidades. Quem faz a condução jurídica são seus advogados e quem faz a condução política é ele. É necessário um partido que tenha compliance, transparência, uma possibilidade nova de avançarmos na política de nosso país", complementou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...