domingo, 13 de outubro de 2019

Na Europa, General Mourão retruca desinformações sobre OCDE, EUA, Amazônia, Gov. Bolsonaro, China e conflito no PSL - Coletiva



Em coletiva de imprensa concedida na Itália, o vice-presidente da República, General Mourão, respondeu a questionamentos de jornalistas sobre a Amazônia, o Sínodo da Amazônia, as relações com os EUA e a indicação para a OCDE, assim como a parceria com a China e o conflito no PSL.

"Ocorre muita desinformação sobre a realidade do que se passa na Amazônia. A Amazônia tem 4,9 milhões de quilômetros quadrados. Bota lá dentro uma porção de países da Europa. Uma área de difícil acesso, de floresta. Com a população rarefeita. Temos 20 milhões de pessoas. A densidade habitacional é muito pequena. Foi uma fonteira que começou a ser desbravada nos anos 70, pessoas que lá chegaram com promessas de glebas de terra", encetou o oficial.

"Com as mudanças na legislação, eles precisam reflorestar partes desmatadas. A questão fundiária é séria. Em algumas regiões, tem três camadas de proprietários de terras. Tem a questão do garimpo, precisamos disciplinar isso, havendo uma legislação para colocar na legalidade o que precisar ser feito", complementou.

"Assim como precisa ter assistência técnica para o proprietário rural, também tem de ter para o garimpeiro. Esse pacote todo gera um certo ruído. Precisa haver a separação entre Região Amazônica e Bioma da Amazônia, também. É uma discussão sadia, mas existe muita desinformação. Alguns falam como se estivesse virando uma savana", salientou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...