terça-feira, 26 de novembro de 2019

Bolsonaro rebate Lula sobre 'ladrão de celular', revela 'problema' vivido no PSL e manda recado para quem quer ter comando de partido para negociar legenda



Em pronunciamento por ocasião do lançamento de seu novo partido, o Aliança pelo Brasil, o presidente Jair Bolsonaro rebateu Lula a respeito de ladrões de celulares. Lula havia afirmado: "Eu não posso ver mais jovem de 14, 15 anos, sendo assassinado pela polícia porque roubou um celular".

"Fiquei 28 anos no Parlamento. Dois anos como vereador. Trinta anos de vida pública. Nunca tive um diretório municipal. Não pode, como está na cabeça de alguns, querer ter comando do partido no estado para negociar a legenda. Em parte, o problema que tivemos no partido que deixei há algumas horas foi essa questão", encetou o presidente.

"Negociar legenda, vender tempo de televisão, fazer do partido um negócio para ele. Nós, aqui: não existe, meus amigos, satisfação maior do que ser acolhido com simpatia, carinho e calor pelo povo brasileiro, quando ando no Brasil e fora dele. Quando os políticos entenderem isso, o Brasil muda", complementou.

"O Brasil já mudou para melhor. Confio em parte do Parlamento. Não adianta estar muito bem de vida e ficar preocupado com seus familiares serem mortos em uma esquina por um ladrão de celular. Ladrão de celular tem de ir para o pau!", rebateu.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...