sábado, 30 de novembro de 2019

Bolsonaro rebate Macron, manda recado para a UNE e apresenta projeto ousado para afundar 1.200 barcos e promover turismo de mergulho



Em transmissão ao vivo, o presidente Jair Bolsonaro apresentou um projeto para afundar 1.200 embarcações e, assim, promover o turismo relacionado ao mergulho. Neste contexto, o presidente também abordou a perda de recursos por parte da UNE com a implantação da carteira de identidade estudantil digital e enviou uma mensagem para Macron, presidente da França.

"Temos a previsão de afundar, nesses 4 anos de governo, em torno de 1.200 naufrágios artificiais. Já temos pontos no Brasil inteiro. Vamos transformar o Brasil no melhor país do mundo para mergulho. Temos vocação para isso. Águas quentes, claras, limpas. O ambiente mais propício do mundo para o turismo de contemplação e o turismo náutico", afirmou Gilson Machado Neto, presidente da Embratur.

"Já está em vigor a carteira estudantil digital. Não precisa mais pagar R$30, R$40 para tirar sua carteirinha. Tenho certeza de que o pessoal da UNE, da Juventude Socialista, que fica 15, 20 anos fazendo faculdade, que integra o centro acadêmico, está vibrando com isso. Não vão mais ter trabalho. Não vão mais arrecadar R$100 milhões por ano, também", salientou Bolsonaro.

"Essa medida provisória tem que ser aprovada. Espero que não vença seu prazo sem ser votada. Vamos tirar esse dinheiro da UNE e facilitar a vida do estudante. Tem que pagar muitas coisas. Almoço, república", acrescentou ele.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...