terça-feira, 26 de novembro de 2019

General Mourão aponta instabilidades na América Latina, caos na Venezuela e riscos para o Brasil



Durante palestra para empresários em Santa Catarina, o vice-presidente da República, General Mourão, apontou as instabilidades que atravessam a América Latina e expôs uma panorama abrangente, envolvendo Chile, Peru, Paraguai, Venezuela, Colômbia, Argentina, entre outros.

"O mundo está estagnado. O mundo está inquieto. O mundo está inseguro. Isso, obviamente, reflete no Brasil", encetou ele.

"A nossa América o Sul é especial. Nossos países são olhados como um grande supermercado. Eles vêm aqui comprar arroz, feijão, minério de ferro, cobre, urânio. É um supermercado. Temos muito pouca participação no mundo e pouca influência no mundo pela forma como somos olhados", comentou.

"Nossos vizinhos atravessam problemas. Venezuela se autodestruindo por meio de uma ditadura instaurada através do sistema democrático. Estão baseados em uma trilogia: Exército, Caudilho e Povo. O caudilho americano é aquele salvador da pátria. O sistema democrático foi ruindo por dentro. Primeiro, aumenta o número de juízes na Suprema Corte. Faz uma nova Constituição. São cinco poderes. Aparelhados pelo Estado, oposição débil, que não conseguiu fazer valer a sua força. Eleições fraudadas. Um país com 30 milhões de habitantes e 5 milhões saíram dele", apontou o general.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...