sábado, 9 de novembro de 2019

Senador Álvaro Dias se levanta e denuncia o STF e Lula: 'Houve um acordo. Cartas marcadas, malandragem'



Em pronunciamento ao vivo, o senador Álvaro Dias apontou um "jogo de cartas marcadas" no STF e salientou a existência de um "acordo" e de uma "malandragem para aplacar consciências".

"Posso dizer para Toffoli: em 2016, a Constituição era a mesma. Vamos confessar que houve um acordo para que a decisão alterasse a jurisprudência anterior. E o que é lamentável: cartas marcadas. Todos vocês sabiam qual seria o resultado. Anunciaram com antecedência. Protelaram, empurraram, discutiram, mas o resultado é o mesmo previsto quando se iniciou o debate", encetou o parlamentar.

"Uma malandragem explícita para tentar aplacar consciências ou reduzir o resultado negativo. É um fato consumado. Podem deixar a minha na gaveta, mas vamos votar a do senador Oriovisto, que está pronta para ser votada. Inventarão, buscarão outros expedientes para não votar a matéria. A sua presença é muito importante", convocou.

No ensejo, ele apontou a importância do fim do foro privilegiado: "Por que não falam do foro privilegiado? Está aguardando apenas uma deliberação na Câmara. Já passou pelo Senado, pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, pela Comissão Especial. Só depende de uma pessoa: Rodrigo Maia colocar em votação. Que força tem o presidente da Câmara para ir contra a vontade do país? Mais de 90% do país é favorável ao fim do foro privilegiado! (...) O Supremo é uma festa para as autoridades que cometem crimes. É um sistema desenhado para não funcionar".
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...