segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

General Mourão expõe ameaças transnacionais e aborda Venezuela, 'vizinhos do Brasil', EUA, China e riscos



Em pronunciamento ocorrido em Santa Catarina, o vice-presidente da República, General Mourão, abordou ameaças transnacionais em um contexto globalizado e aventou as interferências de riscos externos no Brasil.

"Nesse mundo, surgem ameaças transnacionais. Ameaças que estão passando por todos os países, como o narcotráfico, o terror", encetou ele.

"Há um mundo com uma economia enfrentando dificuldades para crescer. Exatamente por terem atingido seus limites. Quando olhamos que EUA crescem 2,5%, é pouco. A Alemanha com crescimento negativo: é algo complicado. Hoje, o grande motor do crescimento é a China", acrescentou o oficial.

"Hoje, o grande motor do mundo é a China. A China tem que crescer 7% ao ano. Se ela não crescer 7% ao ano, ela não consegue dar emprego, renda e comida na mesa de 1,4 bilhão de pessoas. A China não pode se dar ao luxo de ter insegurança. Esse é o pacote do mundo que nos cerca. Na América do Sul, os países ainda não têm muita influência. Ainda somos olhados como um grande supermercado", avaliou o vice-presidente.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...