segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

General Mourão se revolta diante de 'amarras' no Brasil, compara a cavalo olímpico e expõe 'grande tarefa' de Bolsonaro



Em pronunciamento ocorrido em Santa Catarina, o vice-presidente da República, General Mourão, desabafou e demonstrou sua revolta diante de o Brasil, mesmo com enorme potencial, acabou por ficar "amarrado" nos últimos governos. No ensejo, ele fez uma comparação com um cavalo olímpico que apenas obterá bons desempenhos se for propriamente guiado e aventou a "grande tarefa" do Governo Bolsonaro.

"E o nosso Brasil? O Brasil tem um potencial extraordinário. Um país com 8,5 milhões de quilômetros quadrados. Uma posição geopolítica muito boa. Nós ocupamos a porção centro-oriental da América do Sul. Temos a África Ocidental com riquezas e identidade comum. Temos saída livre no Oceano Atlântico", encetou ele.

"Se olharmos para a China, se ela quer sair para o Nordeste, esbarra na Península Coreana e no Japão. Se quer sair para leste, esbarra em Taiwan. Para sudeste ou sul, há a Indonésia, a Nova-Guiné. Ela não tem liberdade de trânsito pelos mares. E nós temos uma saída marítima fantástica", asseverou.

"Fora as riquezas de nosso território. Sol, água, extensão de terra agriculturável. Cinco países dentro de um. Amazônia, Cerrado, Caatinga, Pantanal, Pampa. Um país abençoado por Deus, mas é uma dificuldade para transformar isso em poder. Nós mesmos nos amarramos. Já comparei o Brasil um cavalo olímpico", desabafou o oficial.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...