quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Ministro de Bolsonaro alerta para planos de bilionários e da esquerda para legalização das drogas no Brasil - Educação/Weintraub



No decorrer da participação de Abraham Weintraub, ministro da Educação do Governo Bolsonaro, em reunião na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, apresentou-se a existência de planos de empresas privadas para a legalização da maconha no Brasil. Weintraub protestou contra tais projetos e assestou a corrupção presente em parcela dos bilionários.

"Eu não quero isso para os meus filhos. Eu não quero um país em que fumar maconha, usar cocaína em público...Não é fantasioso! É de amplo e total conhecimento, está espalhado para o Brasil inteiro. A gente já vê empresas privadas no Brasil se preparando para, quando a maconha for legalizada, transformar isso em um negócio", asseverou.

"Eu sou um representante da classe média. Eu amo a classe média. Quero que o Brasil inteiro seja classe média. Quero que o filho do pobre seja classe média. Quero que os ricos sejam ricos não porque tiveram uma benesse do BNDES. Não porque o CADE permitiu uma concentração, monopólios, carteis. Você olha os setores da economia e está quase tudo monopolizado ou cartelizado", realçou ele.

"Isso não é capitalismo, não é livre-mercado. Roosevelt enfrentou, no começo do século XX, os barões ladrões que estavam fazendo isso. Os nossos 'campeões nacionais' estão se preparando para a legalização da maconha no Brasil. Eu não quero isso", acrescentou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...