quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

Moro comemora ações contra o crime organizado: ‘E um a um vão caindo os líderes criminosos…’





O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, comemorou resultados da atuação das forças de segurança contra o crime organizado em dois estados. Moro disse: “Presa a liderança principal, que ainda estava solta, da organização criminosa Família do Norte, trabalho da Polícia Federal do AM e da BA, em investigação instaurada após o massacre de presos em maio de 2019. E um a um vão caindo os líderes criminosos …”




A Polícia Federal prendeu ontem (17/12), em Salvador/BA, líder de facção criminosa, atuante na região norte do país, voltada ao tráfico internacional de drogas e à lavagem de dinheiro. A ação ocorre no âmbito dos desdobramentos do Inquérito Policial, instaurado pela PF, atendendo à requisição do Ministro da Justiça e Segurança Pública, após o massacre que vitimou 55 detentos em presídios do Amazonas, ocorrido nos dias 26 e 27 de maio deste ano. O alvo da ação é líder da facção, e o massacre teria ocorrido em virtude de disputas internas pela liderança da organização criminosa. Destaque-se o intercâmbio de informações entre os órgãos de Segurança Pública do Estado do Amazonas, em especial, a Inteligência da SEAP e a PF.

Moro também comemorou operação da Polícia Federal no estado do Ceará. O ministro disse: “Ação da Polícia Federal, junto com autoridades estaduais, incluindo GAECO, contra o crime organizado no Ceará, inclusive lideranças envolvidas nos ataques em setembro na região metropolitana de Fortaleza”.

A Polícia Federal deflagrou, na manhã de hoje (18/12), a Operação Reino de Aragão com o objetivo de desarticular lideranças de organização criminosa responsáveis pela ordem e execução dos ataques ocorridos no mês de setembro deste ano, na Região Metropolitana de Fortaleza. A ação ocorre em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), órgão do Ministério Público do Estado do Ceará, Departamento Penitenciário Nacional e Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará, através da Polícia Militar e Polícia Civil.

Estão sendo cumpridos 20 mandados de busca e apreensão e 31 mandados de prisão preventiva no Ceará, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Paraná. As medidas judiciais foram representadas pela autoridade policial e deferidas pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas da Justiça do Estado do Ceará.

Os mandados de prisão foram expedidos em desfavor de pessoas envolvidas diretamente nas atividades da organização, inclusive algumas que se encontram atualmente presas nas penitenciárias federais de Mossoró/RN e Catanduvas/PR e em presídios estaduais do Ceará e da Paraíba. Entre os presos, há integrantes e um dos fundadores da facção criminosa responsável pelos ataques no Ceará, além de uma advogada que está presa no presídio de Itaitinga/CE.

Segundo as investigações, as ações do grupo criminoso foram praticadas sob determinações de lideranças presas. As ordens eram planejadas por essas lideranças e executadas por outros integrantes da mesma organização criminosa que se encontravam em liberdade.

Os investigados responderão, conforme suas condutas, pelos crimes de dano, incêndio, participação em organização criminosa e outros que forem verificados nas investigações.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...