quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

Bolsonaro se recusa a responder e encerra entrevista após jornalista desviar de assunto



O presidente Jair Bolsonaro se reuniu com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. Na saída da reunião, o presidente conversou com jornalistas, quando explicou que a discussão sobre subsídios à eletricidade de igrejas está suspensa. Bolsonaro disse que o impacto seria mínimo na ponta da linha, mas a política de seu governo é não ter mais subsídios.

Ademais, Bolsonaro aventou a existência de discussões a respeito de Itaipu Binacional, relações com o Paraguai, quebra de monopólios, diminuição do preço dos combustíveis, entre outros. O chefe de Estado enfatizou que o relacionamento com o Paraguai continua "muito bom".

"O combustível baixou na refinaria, mas, na ponta da linha, o preço não cai. Pelo que tudo indica, o percentual do ICMS deve incidir no preço do combustível lá na refinaria. Não na ponta da linha. Caso contrário, quando há essa redução, não diminui na ponta da linha. Discutimos também a questão da energia solar e está decidido: não haverá taxação da mesma", atestou ele.

"Precisa haver responsabilidade para o preço final do combustível. Depende também do parlamento. O que não pode é continuar como está e o combustível, o gás continuarem caros para o consumidor", salientou o presidente. Posteriormente, o presidente encerrou a coletiva após um dos jornalistas se desviar do assunto e fazer questionamentos a respeito de Fábio Wajngarten, secretário de comunicação do governo.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...