quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Dono da Localiza, Salim Mattar desabafa sobre o PT e expõe planos de Bolsonaro e Guedes



Em palestra no "2º Macro Day - Banco BTG Pactual", ocorrida em 2019, Salim Mattar, dono da Localiza e secretário de desestatização do presidente Jair Bolsonaro e de Paulo Guedes,  desabafou sobre "estragos" do PT no país e a respeito do radicalismo do partido.

"Quem me conhece sabe que sou workaholic. Chego às 7h00min no ministério e saio às 21h00min, assim como na minha empresa. O PT tem suas convicções e temos de respeitar. Os liberais sabem conviver com pluralidade de ideias. Sabem respeitar quem pensa diferente. O mal do PT é que ele não respeita quem diferente deles", criticou.

"Esse que é o problema. Queria confessar o seguinte: Dedico 80% do meu tempo a desconstruir o que eles fizeram e apenas 20% para pavimentar a estrada do futuro do Brasil. Esse é o meu maior trabalho", relatou o empresário.

"A Social-Democracia imperou neste país durante 40 anos. Existe o establishment que pensa que o Estado deve ser responsável por tudo. Nós somos o antiestablishment. Chegamos ao governo para fazer uma disrupção. Chegamos ao governo não para melhorar o governo, viemos para fazer uma transformação no governo. Como diz o ministro Paulo Guedes, estamos construindo uma sociedade aberta, colocando o Brasil no caminho da prosperidade", salientou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...