quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

Deputada aliada de Bolsonaro 'desmonta' Petra Costa e desmascara documentário 'Democracia em Vertigem'



Em participação da CPMI Fake News, também conhecida como "CPI da Censura", a deputada federal Caroline de Toni, aliada do presidente Jair Bolsonaro, retrucou narrativas propagadas pelo documentário "Democracia em Vertigem" e assestou como a esquerda tem deturpado e omitido fatos.

"A senhora Petra Costa foi diretora do documentário 'Democracia em Vertigem'. Eu assisti a este documentário há alguns meses. Ela tem uma visão um pouco romântica da esquerda. Tem vários erros neste documentário, como as grandes manifestações nacionais que levaram mais de 6 milhões de brasileiros às ruas no Brasil inteiro e na Avenida Paulista. Tais manifestações culminaram no processo de impeachment contra Dilma Rousseff", encetou ela.

"O processo democrático, legal e constitucional comprovou, pelo Tribunal de Contas, a irregularidade das contas de Dilma Rousseff. Esse foi um dos motivos do impeachment e foi desvirtuado no documentário. Ela relata fatos falsos para a comunidade internacional. Foi um processo democrático, constitucional. Ela omite as grandes manifestações e a retomada do povo brasileiro, assim como nas redes sociais", acrescentou a parlamentar.

"Essa senhora começa a denegrir a imagem do Brasil e do presidente Bolsonaro nos EUA. É preciso colocar a verdade sobre os fatos. É preciso fazer um desagravo ao Governo Bolsonaro", salientou Caroline.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...