segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Paulo Guedes expõe quebra de monopólios, clama por fim de 'software' que controla o Brasil e aventa planos de Bolsonaro



Paulo Guedes, ministro da Economia do Governo Bolsonaro, aventou, em discurso, como pretende quebrar monopólios, expandir a inserção do Brasil no comércio internacional e descentralizar a gestão de recursos. O pronunciamento ocorreu em 2019.

"Do que adianta a União estar recuperada e os estados e municípios em frangalhos? O choque da energia barata, quebrando dois monopólios, no refino do gás e na distribuição do gás, fizemos o acordo Mercosul e União Europeia e também no livre-comércio com a Europa, negociamos com Canadá, Coreia, Cingapura", asseverou.

"A economia já está se movendo. Agora, continuamos com o desafio do dinheiro carimbado. Este dinheiro carimbado esvaziou as atribuições da classe política. Um dinheiro carimbado por uma geração de políticos de 30 anos atrás está comandando os destinos da economia brasileira", protestou o ministro.

"A República Federativa do Brasil é gerida por um software. É um programinha que manda o dinheiro para determinados lugares. Isso é uma inversão completa de valores. Uma democracia madura assume os valores, a responsabilidade", salientou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...