sábado, 28 de março de 2020

Jornalista fala informação falsa em plena coletiva e Secretário de Saúde de Bolsonaro 'aplica corretivo'



Em coletiva de imprensa do Ministério da Saúde, chefiado por Luiz Henrique Mandetta no Governo Bolsonaro, o secretário João Gabbardo dos Reis corrigiu um jornalista que realizou uma pergunta assumindo que o ministério se omitiu na precaução para o combate à crise.

"Quem disse que o Ministério da Saúde não antecipou as compras? Antecipou, sim, senhor! Desde lá, nós já começamos a fazer aquisição de equipamentos de UTI, de proteção individual. Temos, hoje, no Ministério da Saúde, mais de 10 milhões de máscaras. No nosso estoque. Já distribuímos quase 10 milhões e temos mais 10 milhões em estoque. São mais de 20 milhões", asseverou.

"Temos uma licitação, a qual deve terminar nos próximos dias, de quase 200 milhões de máscaras. O problema é que, quando começamos a adquirir, a dificuldade no mercado nacional foi grande e tivemos de buscar isso em importações. Estavam fechadas e a China não estava exportando", salientou Gabbardo.

"Precisamos de autorização para uma carga de um navio com os primeiros 15 milhões de máscaras. Como vou fazer distribuição de máscaras, UTI, equipamentos de proteção individual, sem saber onde estão sendo necessários neste momento? Ainda não é necessária em todos os estados com a mesma intensidade. Vamos acompanhar para determinar", explanou ele.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...