quinta-feira, 16 de abril de 2020

URGENTE: Bolsonaro faz pronunciamento histórico após demitir Mandetta e novo ministro expõe mudanças





O presidente Jair Bolsonaro anunciou a nomeação do dr. Nelson Teich para o Ministério da Saúde, substituindo Henrique Mandetta. No anúncio, Bolsonaro fez um discurso sobre o enfrentamento da pandemia e a necessidade de se cuidar da saúde ao mesmo tempo em que se preservam os empregos. 




Bolsonaro elogiou o ex-ministro Mandetta, dizendo que a sua saída foi um “divórcio consensual”. O presidente lembrou que sempre falou em preservar vidas e empregos e tentou passar uma mensagem de tranquilidade para a população.

Bolsonaro apontou: “Junto com o vírus veio uma máquina de destruir empregos. Não poderíamos prejudicar os mais necessitados; eles não têm como ficar em casa por muito tempo sem buscar seu alimento”. E acrescentou que o país precisa voltar à normalidade o mais breve possível, sem prejuízo da saúde da população. 

O presidente afirmou que já conversou com o dr. Nelson Teich, pedindo que ele entendesse a situação como um todo, sem abandonar o principal interesse, mas entendendo que, ao lado dele, temos outros problemas. 

Bolsonaro apontou que as decisões de todos os agentes públicos têm que ser tomadas com muita prudência, lembrando que “o governo não é uma fonte de socorro eterno”. O presidente disse: “em nenhum momento, eu fui consultado sobre medidas adotadas por grande parte dos governadores e prefeitos. Tenho certeza de que eles sabiam o que estavam fazendo. O preço vai ser alto”. E pediu: “não botem mais essa conta nas costas do nosso sofrido povo brasileiro”. 

Bolsonaro pediu ainda que governadores e prefeitos reconsiderem as decisões e suspendam os excessos. O presidente disse: “os excessos que alguns cometeram, que se responsabilizem por eles. Jamais eu mandaria minhas FFAA prenderem alguém por estar na rua. Jamais tiraria o direito constitucional de ir e vir. Devemos tomar medidas, sim, para evitar a proliferação e expansão do vírus, mas pelo convencimento e com medidas que não atinjam a liberdade e as garantias individuais”. 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...