quarta-feira, 8 de abril de 2020

URGENTE: Em pronunciamento, Bolsonaro reitera que ‘o tratamento não pode ser mais danoso que a doença’





Em pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão, o presidente Jair Bolsonaro apontou que vivemos um momento ímpar em nossa história, e que o cargo de presidente tem a responsabilidade de olhar o todo e não apenas as partes. Lembrando que seu objetivo principal sempre foi salvar vidas, Bolsonaro manifestou solidariedade às famílias que perderam entes queridos pela pandemia. 




Bolsonaro apontou que sua equipe de ministros deve trabalhar em sintonia com ele para encontrar soluções para a crise, tratando simultaneamente dos dois problemas - a pandemia e o desemprego. 

O presidente destacou que as medidas restritivas que estão afetando os cidadãos não foram ordenadas pelo governo federal, sendo responsabilidade dos governadores e prefeitos. Bolsonaro enfatizou que o governo federal não foi consultado nem quanto ao alcance nem quanto à duração dessas medidas. 

Bolsonaro lembrou ainda que mesmo o presidente da Organização Mundial da Saúde reconheceu que a solução não é a mesma para todos e particularidades de cada região devem ser levadas em consideração. E reiterou: “as consequências do tratamento não podem ser mais danosas do que a doença”.

O presidente também lembrou que vem divulgando a possibilidade de tratamento da doença desde sua fase inicial, parabenizando o médico Dr. Roberto Kalil, que admitiu que utilizou o medicamento e o administrou a dezenas de pacientes, que foram salvos, mesmo antes de finalizado o protocolo de testes. 

Bolsonaro também anunciou que, após entendimento com a Índia, o Brasil receberá insumos para a produção do medicamento, agradecendo ao primeiro-ministro indiano, Narendra Modi. 

O presidente falou sobre algumas das medidas emergenciais de seu governo para socorrer a população atingida pelas medidas restritivas de governadores e prefeitos, e afirmou: “tenho certeza de que a grande maioria dos brasileiros quer voltar a trabalhar”. 

Bolsonaro lembrou que seu lema sempre foi João 8:32 - ‘e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará’ - e concluiu seu pronunciamento desejando “ uma sexta-feira santa de reflexão e um feliz domingo de Páscoa”.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...