sexta-feira, 29 de maio de 2020

Celso de Mello envia à PGR pedidos de parlamentares contra o General Heleno





O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, segue enviando ao procurador-geral da República, Augusto Aras, pedidos de parlamentares e partidos contra membros do governo Jair Bolsonaro. Ontem, Celso de Mello enviou à PGR uma notícia-crime, uma comunicação e uma denúncia de crime de responsabilidade contra o ministro chefe do Gabinete de Segurança Institucional, General Augusto Heleno.




Em seu despacho, o ministro destaca que a denúncia é formulada por “eminentes membros do Congresso Nacional”. O ministro aponta ainda que a legitimidade para instaurar processo de impeachment contra ministros de Estado é da Procuradoria-Geral da República. 

Os pedidos feitos por parlamentares da esquerda são baseados na Nota à Nação Brasileira, divulgada pelo general Heleno após o ministro Celso de Mello encaminhar um pedido, também de parlamentares da esquerda, para apreender o celular do presidente Jair Bolsonaro. 

Ouça a nota do General Heleno: 

Nota à Nação Brasileira
O pedido de apreensão do celular do Presidente da República é inconcebível e, até certo ponto, inacreditável. 
Caso se efetivasse, seria uma afronta à autoridade máxima do Poder Executivo e uma interferência inadmissível de outro Poder na privacidade do Presidente da República e na segurança institucional do País. 
O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República alerta as autoridades constituídas que tal atitude é uma evidente tentativa de comprometer a harmonia entre os poderes e poderá ter consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional. 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...