segunda-feira, 18 de maio de 2020

Deputado aponta 'complô' entre Globo, Doria e Witzel e retruca ataques ao presidente Bolsonaro



Em pronunciamento ao vivo, o deputado federal Otoni de Paula assestou a existência de um "complô" político-eleitoral entre a Rede Globo e os governadores João Doria e Wilson Witzel. No ensejo, ele defendeu o presidente Jair Bolsonaro de ataques veiculados no programa "Fantástico".

"O Paulo Marinho é suplente de Flávio Bolsonaro no Senado Federal. O Paulo Marinho é um daqueles traíras do presidente Bolsonaro, um dos que virou as costas ao presidente Jair Bolsonaro, talvez porque seus interesses são foram supridos pelo presidente Bolsonaro", encetou ele.

"A imprensa resolveu dar voz ao Paulo Marinho. Ele diz que Flávio Bolsonaro recebeu uma notícia, informações privilegiadas da Polícia Federal no caso Queiroz. Tentou criar um factoide de que o presidente Bolsonaro já fazia, naquela época, algumas intervenções de proteção ao seu filho Flávio Bolsonaro", salientou o parlamentar.

"Vamos desmascarar as mentiras de Paulo Marinho, amigo do João Doria. O caso Queiroz nada tem a ver com o caso 'Furna da Onça'. Segundo: o caso Queiroz nunca passou pela Polícia Federal, sempre esteve no âmbito da Polícia Civil do Rio de Janeiro. Outra: como ele desperta o assunto agora depois de dois anos? Isso se trata de mais uma ilação. A gente não pode ficar quieto, mesmo sendo ridícula essa ilação. Ontem, o Fantástico e a Globo já deram voz ao Paulo Marinho", aventou o deputado.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...