domingo, 10 de maio de 2020

Paulo Guedes cala críticas infundadas sobre combate à crise no Gov. Bolsonaro e retruca: 'Não é hora de pedir aumento de salário!'




Em debate realizado durante sessão de comissão mista do Congresso Nacional, Paulo Guedes, ministro da Economia do Governo Bolsonaro, expôs as ações emergenciais sendo realizadas pelo Comitê de Crise, fez uma avaliação sobre a recuperação do Brasil após a crise de saúde pública e enviou uma mensagem para servidores públicos que pensam em aumentos de salário durante o contexto de aumento do desemprego.

"A virtude da democracia é justamente podermos nos ajudar. Às vezes, a gente pode ter uma diferença aqui ou ali, mas, olhando com outro olhar, a gente acaba enxergando coisas que não via", encetou ele.

"Já que estamos dando R$138 bilhões para estados e municípios, vamos impedir que isso vá para aumento de salários. Os salários do funcionalismo já estão bem acima do setor privado. É uma contribuição que eles estariam orgulhosos de dar ao Brasil: não pedir aumento de salário durante a pandemia", salientou o ministro.

"Nós tínhamos um programa. Acelerando as reformas, a retomada do crescimento vai ser instantânea. Nós já estávamos crescendo a 2,4% quando fomos atingidos. Prosseguindo com as reformas, virão centenas de bilhões em investimentos em saneamento, água e esgoto, petróleo e gás, choque da energia barata, infraestrutura, setor elétrico. Tudo isso está pronto para ser disparado se nós avançarmos! Independentemente disso, o governo também vai dar um empurrão na economia, como deu antes", asseverou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...