terça-feira, 12 de maio de 2020

URGENTE: Bolsonaro refuta jornalistas sobre vídeo sigiloso com Sergio Moro, Polícia Federal e governadores





Ao retornar ao palácio do Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro respondeu a perguntas de jornalistas, quando falou que o governo busca trazer conforto e tratamento não só para os pacientes do covid, mas também de outras doenças, que continuam ocorrendo. 




O presidente respondeu a questionamentos sobre seu decreto que aumentou o rol de serviços essenciais, e disse duvidar que governadores o tivessem chamado de “irresponsável” por isso. Bolsonaro disse: “irresponsável é abandonarmos a massa de desempregados que está crescendo cada vez mais. A fome mata”. Bolsonaro disse que, se porventura governadores decidirem não cumprir, a Advocacia-Geral da União e o Ministério da Justiça e Segurança Pública vão tomar as devidas providências. 

Bolsonaro também respondeu a perguntas sobre o vídeo da reunião ministerial que foi exibido hoje a partes do processo, e sobre as versões que foram imediatamente divulgadas à velha imprensa pelos advogados do ex-ministro Sérgio Moro. O presidente disse que a velha imprensa deveria trocar suas “fontes” e afirmou que não tem problemas com a divulgação das partes do vídeo que o mostram, mas que espera que não divulguem trechos do vídeo que tratam de outros temas, como segurança e soberania nacional. Bolsonaro disse: “Tudo o que interessar ao inquérito, eu topo tirar o sigilo. No vídeo todo, não tem a palavra ‘Polícia Federal’, não tem a palavra ‘superintendente’”, acrescentando que falou apenas sobre assuntos relacionados à própria proteção. 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...