sábado, 6 de junho de 2020

Bolsonaro mostra indícios contra Joice Hasselmann e diz: ‘Depoimentos dessa mesma deputada teriam fundamentado inquérito no Supremo’





O presidente Jair Bolsonaro compartilhou trechos da matéria feita pela CNN que mostra integrantes da equipe da deputada Joice Hasselmann afirmando que ela ordenava a seus funcionários que utilizassem CPFs falsos para disseminação de campanhas de difamação contra adversários. Bolsonaro apontou trecho do vídeo e citou: “Todo o material que foi usado na CPMI das Fake News foi criado pela equipe dela”. O presidente acrescentou: “Depoimentos dessa mesma deputada teria fundamentado inquérito no Supremo”.




Na decisão que ordenou a invasão de domicílios e apreensão de propriedade de 29 cidadãos, o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes afirma que as medidas seriam necessárias para confirmar autoria e materialidade de “postagens reiteradas em redes sociais de mensagens contendo graves ofensas a esta Corte e seus integrantes, com conteúdo de ódio e de subversão da ordem”. Segundo o ministro, postagens em redes sociais confirmariam a existência de uma “intrincada estrutura de disseminação de notícias fraudulentas”. Essa suposta estrutura foi mencionada nos depoimentos de Joice Hasselmann e Alexandre Frota à CPMI das Fake News. 

O ministro menciona: “Some-se a esses fatos os depoimentos prestados pelos Deputados Federais Alexandre Frota e Joice Hasselmann em 17/12/2019, que narraram a existência de um grupo organizado conhecido por Gabinete do Ódio, dedicado a disseminação de notícias falsas e ataques a diversas pessoas e autoridades, dentre elas o Supremo Tribunal Federal. Todos esses investigados teriam ligação direta ou indiretamente com o aludido Gabinete do Ódio”. 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...