quinta-feira, 4 de junho de 2020

Bolsonaro retruca desinformação da imprensa após publicação de estudo e denuncia manipulações - Live de 04/06



Em sua live semanal, o presidente Jair Bolsonaro recebeu o assessor especial da Presidência para assuntos internacionais, Filipe Martins. Bolsonaro apontou que a OMS recuou de sua decisão de suspender estudos com a hidroxicloroquina, e lembrou que ele foi duramente atacado com base em um estudo com falhas tão graves que foi despublicado em menos de duas semanas. Bolsonaro lembrou que defende a liberdade de escolha e decisão de cada cidadão. Martins apontou que diversos estudo contrários ao uso do remédio aparentam ter problemas graves.

Bolsonaro desmentiu notícia veiculada pelo jornal Folha de S. Paulo, questionando os objetivos da publicação, e ironizou a defesa feita pela velha imprensa dos autoproclamados “antifascistas”. Felipe Martins explicou que o governo Jair Bolsonaro é o exato contrário do fascismo, que colocava o Estado acima de tudo e promovia o controle da imprensa.

O presidente lembrou ainda que, desde o surgimento da pandemia, vem reiterando que é necessário cuidar das vidas e dos empregos e que seu governo criou o auxílio emergencial para manter as famílias cujos recursos foram retirados pelas ações de governadores e prefeitos. Bolsonaro também lembrou que o governo federal destinou 600 bilhões à Saúde, mas o STF deu poderes aos governadores e prefeitos e limitou a atuação da União. O presidente apontou que espera que os governadores acelerem a flexibilização da abertura da economia.

O presidente pediu aos cidadãos que não se mobilizem no domingo, já que há manifestações marcadas por elementos que têm um histórico de ilegalidades. Bolsonaro lamentou o apoio dado por setores da imprensa a esse tipo de movimento que promoveu atos contra patrimônio público e privado, e lembrou que se auto-intitular “pró-democracia” não torna ninguém democrático.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...