sábado, 6 de junho de 2020

Deputados de Bolsonaro, Jordy e Daniel Silveira enquadram Joice Hasselmann em crimes: 'Sórdido, maquiavélico, a verdade vos libertará'



Em transmissão ao vivo, os deputados federais Carlos Jordy e Daniel Silveira, aliados do presidente Jair Bolsonaro, aventaram graves denúncias contra a deputada federal Joice Hasselmann e expuseram a desmoralização do inquérito de Alexandre de Moraes e da CPMI Fake News.

"Não há segredos que o tempo não revele. Hoje, chegou ao conhecimento da mídia, da CNN, inicialmente, o gabinete do ódio. As questões que ocorriam no 'escuro' do gabinete da Joice. Revelaram alguns áudios, algumas conversas, 'prints' em que a Joice demonstra tudo que já havíamos falado. O gabinete do ódio funciona através da estrutura que ela tem na Câmara dos Deputados", encetou Jordy.

"Eu sempre falei que a verdade um dia ia chegar, que a gente ia ver quem é quem. Finalmente, aconteceu. A Joice Hasselmann utilizava a estrutura da Câmara dos Deputados. O que ela acusava...O Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro, ela acusava de ter uma milícia virtual. Ela que estava fazendo! É aquela velha história. Xingue-os do que você é, acuse-os do que você faz", acrescentou ele.

"Há áudios dela coagindo a sua equipe. Ela coage seus assessores. Pessoas tendo que fazer perfis 'fakes' e robôs para atacar seus adversários políticos. O 'modus operandi' dela, sim, foi sórdido. Foi maquiavélico. Isso nos deixa estarrecidos. Teve a cara de pau de ir à CPMI Fake News para nos atacar, nos acusar", assinalou o parlamentar.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...