terça-feira, 2 de junho de 2020

General Girão diz que as Forças Armadas poderão 'entrar no circuito' para proteger a Constituição



Em transmissão ao vivo com o deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal General Girão, general da reserva do Exército Brasileiro, afirmou que, "com certeza absoluta", as Forças Armadas brasileiras estão acompanhando o que está ocorrendo no cenário institucional brasileiro e não permitirão agressões à Constituição Federal.

"O Hugo Chávez, quando encontrou o poder, tinha as Forças Armadas muito politizadas. As Forças Armadas brasileiras, e falo como oficial da reserva, elas cumprem seu papel constitucional, cumprem o papel de acompanhar o que está acontecendo. Não estão interferindo em nada do que está acontecendo. Agora, claro, como fiquei por 36 anos dentro do Exército, as Forças Armadas estão acompanhando a situação", encetou ele.

"Com certeza absoluta, estão acompanhando. Caso a nossa Constituição venha a ser agredida de maneira mor**, eles vão entrar no circuito para não permitir que isso venha a acontecer. Esse é meu posicionamento como general da reserva, como militar da reserva, pelo que sei que acontece lá dentro", explicou o general.

"Não aconteceu na Venezuela e descambou para essa situação de corrupção generalizada, perda de controle total, perda de estrutura e harmonia entre os poderes (...). A Venezuela não é mais uma democracia e, hoje, o povo venezuelano está morrendo de fome. É lamentável. A mensagem que deixo nesse sentido: ordem absurdo não se cumpre, se questiona", salientou ele.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...