quinta-feira, 4 de junho de 2020

General Paulo Chagas lembra responsabilidade do Senado e pede ‘Lava Toga Já’





O general Paulo Chagas, que teve bens apreendidos no bojo do inquérito sigiloso conduzido por Alexandre de Moraes, pediu ontem a instauração da CPI da Lava Toga no SenGeneral ado. Pelas redes sociais, o general Paulo Chagas lembrou que o controle de atos de membros do Supremo cabe ao Senado Federal. Paulo Chagas disse: “LAVA TOGA JÁ! O instrumento republicano, democrático e constitucional para intervir no STF é o Senado Federal. Os resultados e as consequências de decisões colegiadas e monocráticas dos Supremos Ministros, justificam e impõem a criação da "LAVA TOGA"! Não é fake, é a minha opinião!”




Nos últimos dias, o general afirmou: “Nenhuma ditadura serve para o Brasil, seja ela do proletariado, fascista, de direita ou do judiciário!”.

Paulo Chagas também explicou que os militares não são proibidos de acompanhar nem de ter opinião sobre política. O general disse: “Os ‘militares’, como cidadãos, têm o direito e o dever de acompanhar e de ter opinião sobre a política nacional. Os ‘inativos’ podem manifestar-se. Os ‘militares’, como FFAA, têm obrigação constitucional de acompanhá-la, mas só podem manifestar-se através dos respectivos Comandantes’.

O general Paulo Chagas afirmou ainda que não há possibilidade de intervenção militar. Chagas disse: “Para aqueles que anseiam por uma intervenção facciosa e intempestiva dos militares na política, o General Augusto Heleno declarou, com oportunidade e sensatez, que não há qualquer possibilidade de ocorrer e que os militares não cogitam intervenção ou ditadura no País”.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...