quarta-feira, 10 de junho de 2020

Inquérito conduzido por Alexandre de Moraes ‘ultrapassou a fronteira dos erros escusáveis’, diz advogado em julgamento no STF






O advogado Dr. Felipe Martins Pinto, representando o Colégio de Presidentes dos Institutos de Advogados do Brasil na condição de amicus curiae, falou durante o julgamento da Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental 572, que visa anular o chamado “inquérito de offoli”, conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes. Em sua sustentação oral, o advogado apontou a importância de o Tribunal restaurar a normalidade, já que o inquérito viola não apenas as leis e a Constituição, mas o próprio preceito fundamental da separação de poderes. O advogado apontou que, apesar das boas intenções dos ministros envolvidos, foi ultrapassada a fronteira dos erros escusáveis.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...