sexta-feira, 31 de julho de 2020

Jornalista faz denúncia sobre TSE e deputado afirma que ‘é caso de prisão em flagrante’






O jornalista Allan dos Santos, alvo dos inquéritos de Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, saiu do País e fez graves denúncias, em uma live com a deputada Bia Kicis. Segundo o jornalista, ele recebeu informações sobre grampos telefônicos com a participação de embaixadas. Essas informações teriam sido levadas ao conhecimento de ministros do TSE, que por sua vez não teriam comunicado o presidente da República. Ontem, Allan dos Santos, assim como outros investigados, teve seu perfil bloqueado nas redes sociais em todo o mundo, a mando de Alexandre de Moraes. 


Ao tomar conhecimento das denúncias, o deputado Filipe Barros afirmou: “As denúncias feitas pelo jornalista Allan dos Santos, perseguido e exilado pela ditadura da toga, são gravíssimas. Se comprovadas, não é caso de impeachment. Trata-se de prisão em flagrante dos envolvidos”.

O deputado Daniel Silveira: “Allan dos Santos, perseguido pelo establishment, foge do Brasil para poder soltar informações valiosas e perigosas. A quadrilha que atua no Brasil, inclusive juridicamente, pensa que é intocável. Entendam que quanto mais inimigos tiverem, mais fácil será para pegá-los. CANALHAS!”

Veja, no vídeo, as declarações do jornalista Allan dos Santos.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...