quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Deputada Bia Kicis confronta O Antagonista ao apontar hipocrisia sobre Alexandre de Moraes, do STF



A deputada Bia Kicis respondeu a acusações de que teria “censurado” uma revista. A deputada moveu uma ação contra a revista Crusoé, por ter publicado uma inverdade sobre ela. A matéria “noticiava” uma suposta mudança de posição da parlamentar sobre o tema da prisão em segunda instância, que aguarda há quase dois anos ser pautado na Câmara. Após a decisão do juiz, a revista continua veiculando a matéria, com uma tarja preta no local onde citava o nome da deputada. 

Não há notícia de que a sede da empresa ou as residências dos jornalistas tenham sofrido busca e apreensão, de que qualquer sigilo tenha sido quebrado, ou de jornalistas presos, como ocorre com apoiadores do presidente Jair Bolsonaro sem manifestação por parte dessa mesma revista. 

Em vídeo publicado em suas redes sociais, Bia Kicis explica que utilizou os meios legais já existentes para se defender do ataque e que está processando a revista para ser indenizada por danos morais. A deputada apontou ainda o duplo padrão da revista, que se queixa de uma suposta “censura” quando são utilizados os meios legais, mas não denuncia a censura contra conservadores e apoia iniciativas que levarão a ainda mais censura. 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...