sábado, 29 de agosto de 2020

Deputado Otoni confronta e se pronuncia após afastamento de Wilson Witzel: ‘chefe da quadrilha’



Em pronunciamento ao vivo, o deputado federal Otoni de Paula, aliado do presidente Jair Bolsonaro, expôs suas perspectivas após o afastamento de Wilson Witzel do governo do Rio de Janeiro e afirmou crer que o político será preso em breve.

Otoni salientou: “O Rio amanhece liberto do chefe da quadrilha que roubou da saúde. Todos nós precisamos entender que foi a articulação de uma quadrilha poderosa onde ele sempre foi o chefe. A operação Placebo começou quando tivemos a coragem de entrar na PGR denunciando os atos do governador, denunciando a roubalheira”.

Neste contexto, ele complementou: “Estamos vendo a queda do quinto governador seguido no Rio de Janeiro. Ninguém aguenta mais o que está acontecendo. Precisamos acabar com a estrutura de corrupção. Ainda falta muito para que possamos começar a ficar livres da corrupção. Ainda não é dia de comemorarmos”.

Conforme o parlamentar, o Rio de Janeiro vive uma situação inusitada e ainda há muito a lutar para extirpar a corrupção no estado. Otoni asseverou: “O que o Rio de Janeiro está vivendo é o inferno. Precisamos nos unir para salvar o nosso estado. Ganhamos uma batalha, mas ainda não ganhamos a guerra. Ele ainda não foi preso, foi apenas afastado, mas acredito que Wilson Witzel será preso. Ainda há muito a ser feito. Brasil acima de tudo e Deus acima de todos”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...