domingo, 6 de setembro de 2020

Presidente do BNDES e Eduardo Bolsonaro expõem como gestão petista quebrou o Brasil



Em entrevista ao deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, explicou como a economia brasileira foi depauperada pela gestão petista e louvou os esforços do presidente Bolsonaro em garantir um trabalho técnico, meritocrático e livre de interferências políticas.

Eduardo frisou: “Pela primeira vez na História, temos um governo como sempre foi pensado na teoria. Na prática, sempre ocorria um toma lá, dá cá. Isso sempre acaba resultando em grandes escândalos de corrupção, principalmente nas estatais”.

Montezano acrescentou: “Vou pegar seu preâmbulo. Eu vivo isso na pele: a importância de não ter nomeações políticas na máquina pública. Se não fosse por isso, não conseguiria fazer esse trabalho. Vou dar uma exemplo: imagine que vamos abrir uma empresa e eu não posso contratar meus diretores, um diretor é do concorrente, outro não entende nada do negócio, outro é funcionário fantasma e outro veio para sabotar. A gente monta uma empresa assim e os diretores não podem nomear seus gerentes. O que ia acontecer com essa empresa? Ia quebrar, assim como o Brasil quebrar”.

No ensejo, ele agradeceu ao presidente: “Essa blindagem que a gente recebe, que o presidente Jair Bolsonaro permite, é fundamental para trabalharmos de forma técnica, apolítica, pensando nos interesses do povo”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...