quinta-feira, 15 de outubro de 2020

Bolsonaro rebate velha imprensa e diz: ‘a operação de ontem é motivo de orgulho para o meu governo’


 

O presidente Jair Bolsonaro conversou com cidadãos ao sair do palácio do Alvorada esta manhã. Questionado sobre a operação da Polícia Federal ocorrida ontem, em que um vice-líder do governo no Senado foi flagrado com dinheiro entre as nádegas, Bolsonaro afirmou que parte da imprensa está dizendo que o fato de o presidente ter nomeado o senador para o cargo indicaria que Bolsonaro não combate a corrupção. O presidente enfatizou que a operação de ontem é uma operação conjunta da CGU e Polícia Federal. E disse: “Ou seja: nós estamos combatendo a corrupção, não interessa quem seja a pessoa suspeita”. 

O presidente explicou que a Controladoria-Geral da União analisa contratos e confere se o resultado está em conformidade com o contratado, além de receber denúncias e passar para a Polícia Federal. Bolsonaro disse: “Essa investigação de ontem é um exemplo típico do meu governo. Não tem corrupção no meu governo  e combate a corrupção seja de quem for”. 

Bolsonaro acrescentou: 

Vocês estão há quase dois anos sem ouvir falar em corrupção no meu governo. O meu governo são os ministros, estatais e bancos oficiais. Esse é o meu governo. 

Alguns acham que toda corrupção tem a ver com o governo. Não. Nós destinamos dezenas de bilhões de reais para estados e municípios, tem as emendas parlamentares também, e de vez em quando, não é muito raro, a pessoa faz uma malversação desses recursos. Agora, a CGU tá de olho, a PF tá de olho, e tomamos decisões. 

Lamento os desvios de recursos. Seria bom que não houvesse, porque, afinal de contas,  quando se desviam recursos da Saúde, inocentes morrem. Então, a operação de ontem é motivo de orgulho para o meu governo, para o meu ministro Wagner Rosário, e para a minha Polícia Federal. 

E não isso que a imprensa está falando agora, que eu tenho a ver com essa corrupção, ou dizendo que no meu governo tem corrupção. Se um vereador faz algo de errado, eu não tenho nada a ver com isso. Ou melhor, eu tenho a ver para ir pra cima dele, com a Polícia Federal se for o caso, com apoio da CGU. Esse caso é mais uma mentira da imprensa, que quer desqualificar meu governo a todo o tempo. Isso chama-se crise de abstinência. Acabou os bilhões de reais para propaganda oficial do governo”. 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...