domingo, 4 de outubro de 2020

Deputado Daniel Silveira diz o que pensa sobre indicado por Bolsonaro para o STF e pede ajuda para PEC que limita mandato de ministros


Em pronunciamento ao vivo, o deputado federal Daniel Silveira abordou a indicação de Kassio Nunes para o STF, fez uma explanação a respeito do aparelhamento do STF e pediu ajuda para a obtenção de assinaturas para uma PEC que limita o mandato de ministros e define exigências para a assunção ao cargo. 

Ele demandou: "Tenho uma PEC lá aguardando assinaturas. Vocês precisam pressionar os deputados. Eu enrijeço para que pessoas indicadas sejam integrantes do STF. Mandato de 4 anos com uma reeleição apenas. Ou seja, 8 anos no máximo. Da carreira jurídica, desde que, na hora da indicação, seja um magistrado concursado, por provas e títulos, não alguém oriundo do quinto constitucional, aquela estrovenga jurídica".

Ademais, ele disse o que pensa sobre Nunes: "Eu, evidentemente, apoio a decisão do presidente Jair Bolsonaro, sou da base do presidente e confio nele. Sobre o Kassio Nunes: Ele é um legalista, ele se preocupa mais com os direitos do réu do que com a moralidade. Ele vai andar lado a lado com Gilmar Mendes, Lewandowski, Dias Toffoli, os quais têm esse entendimento e têm se tornado uma pedra no caminho da Operação Lava Jato, atrapalhando muito".

Neste contexto, o parlamentar explicou o aparelhamento esquerdista nas instituições: "Eu indicaria Rogério Grecco, a doutora Ludmila Lins Grillo, Ives Gandra Filho. Perguntaram para mim o que eu penso. Eu penso o seguinte: Os comunistas, de forma escamoteada, estavam doutrinando academicamente para que as pessoas se tornassem militantes e entrassem na magistratura, no magistério, pudessem capitanear militantes. Hoje, o Brasil enfrenta essa 'tomada' socialista. Temos um presidente que é conservador e republicano, mas temos instituições tomadas pelos tentáculos do socialismo".

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...