domingo, 4 de outubro de 2020

Lasier Martins pede fim da ‘velha política’ e critica Alcolumbre: ‘Ele é absolutista, ele é despótico’



O senador Lasier Martins compartilhou um trecho de entrevista que concedeu à Jovem Pan, sobre a tentativa do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, de tentar uma reeleição que é vedada pela Constituição. Lasier Martins disse: “Vivemos um divisor de águas na política brasileira, cujos vícios nefastos insistem em dar as cartas. A eleição para presidente do Senado no ano passado foi uma batalha vencida com a derrota de Renan Calheiros. No entanto, o atual presidente, Davi Alcolumbre, não está entregando as promessas que fez de transparência no Senado. Vamos seguir a luta porque a mudança não pode parar”.

Na entrevista, o senador  lembrou que, na cerimônia de posse, Alcolumbre prometeu acabar com o “segredismo” e garantiu que nunca mais haveria voto fechado na eleição do presidente do Senado. No entanto, quase dois anos depois, nunca houve qualquer passo para efetivar essa promessa. 

Lasier Martins lembrou que, na semana passada, apresentou questão de ordem para questionar o fundamento legal que Alcolumbre utiliza para não compartilhar com a Mesa os inúmeros pedidos de impeachment de ministros do STF, a CPI Lava Toga, e outros processos. O senador afirmou: “nosso presidente, Davi Alcolumbre, não participa conosco de nada. Ele é absolutista, ele é despótico. Isso conspira contra o próprio Brasil”

O senador afirmou que, com o voto aberto, a sociedade poderá exigir que seus senadores votem de acordo com os desejos da sociedade. Lasier Martins disse: “O Senado, o Congresso, tem que ser transparente. Porque nós não somos donos do mandato. O mandato é conferido pela sociedade, pelos brasileiros. Somos representantes, temos obrigação de prestar contas, de dizer em quem estamos votando, por que estamos votando, o que estamos aprovando”. 

Lasier Martins afirmou que o desejo de transparência encontra “um obstáculo que se chama presidente do Congresso Nacional”. E acrescentou: “E isso vem de muito tempo, desde o Sarney.  Sarney, Renan, Eunício, Alcolumbre… E agora o Alcolumbre quer ser candidato à reeleição, o que é vedado pela Constituição - art. 57, parágrafo 4º. Há uma desordem completa, um extravasamento da legislação como nunca houve, e cada vez pior. Se fala muito na velha política. Temos que acabar com esses vícios, para fazer um Brasil melhor”. 

Veja a questão de ordem apresentada ao presidente do Senado pelo senador Lasier Martins.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...