sexta-feira, 20 de novembro de 2020

Bolsonaro anuncia reação para reformar sistema eleitoral, diz que foi ‘roubado demais’ e defende voto impresso


No decorrer de conversa com apoiadores da entrada do Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro defendeu a implantação do voto impresso, relatou ter sido lesado nas eleições de 2018 e asseverou que defenderá os anseios do povo brasileiro.

Bolsonaro principiou: “Estou meio desgastado. Vocês querem voto impresso ou que continue assim?”.

Um apoiador comentou: “Nós passamos um cartão de crédito em uma padaria, tem o comprovante de que compramos ali. Quando entramos em uma repartição pública, temos o comprovante de que fomos lá. Quando vamos votar, é um direito e é obrigatório, temos de ter um comprovante sobre quando e como votamos”.

Neste contexto, Bolsonaro ressaltou: “Não temos de atender à vontade do povo? A gente não fala sempre que o povo é soberano e devemos atendê-lo? Precisamos de um sistema eleitoral em que possamos aferir e auditar o voto. O que está aí não é possível ser aferido. Eu não confio nesse sistema. Alguns falam que fui eleito neste sistema. Fui eleito porque tive muitos votos”.

Ademais, o chefe de Estado salientou: “Fui roubado demais. Ninguém reclamou que teve problema ao votar no 13, mas teve muitos relatando quando votaram 17. Nós vamos resolver esse problema junto com o parlamento. Ninguém acredita nesse voto eletrônico. Devemos atender à vontade popular e ponto final. Tenho certeza de que o parlamentar vai resolver, vamos tratar desse assunto no início do ano que vem. Não podemos ter eleições complicadas em 2022”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...